Disputas ideológicas BNCC

Disputas ideológicas BNCC

Base nacional comum curricular: disputas ideológicas na educação nacional

Maria Carolina Pires de Andrade, Rosa Maria Corrêa das Neves, Cláudia Lino Piccinini

Resumo: A Educação Básica no Brasil tem sido alvo de diversas reformas ditas ‘necessárias’ para resolver seu suposto déficit de qualidade. Não coincidentemente, a educação tem recebido atenção de grandes grupos privados, cuja intervenção é apresentada como ‘solução’ para o problema. É neste cenário que acreditamos estarem inseridas as disputas pela BNCC. Dedicamos este trabalho ao estudo das disputas ideológicas que atravessam a construção deste documento, compreendendo suas diferentes versões – 2015, 2016 e 2017 – a partir das dimensões política, social e econômica. Iniciamos nossa exposição pelo cenário no qual se dá a construção da Base; seguimos com considerações teóricas e apresentação do resultado de um mapeamento do movimento de grandes grupos econômicos em prol de sua construção. Em seguida apresentamos os discursos sobre qualidade e equidade educacional, considerando sua matriz política de referência e discutindo de que forma poderão intervir na formação do trabalhador desejado pelo mercado. Por fim, refletimos sobre possíveis consequências desta política nas esferas social e econômica, bem como as possibilidades reais de finalização da BNCC.

Palavras-chave: Políticas-Públicas; Reformas Educacionais; Movimento Pela Base; Qualidade; Equidade

Disponível em http://www.niepmarx.blog.br/MM2017/anais2017/MC37/mc373.pdf

 

http://www.colemarx.com.br/disputas-ideologicas-bncc/




ONLINE
13