Filmes: a arte de educar

Filmes: a arte de educar

Criatividade e talento: uma lista de 10 filmes sobre professores e a arte de educar

outubro 15, 2015 

Criatividade e talento: uma lista de 10 filmes sobre professores e a arte de educar

Uma profissão desafiadora, cheia de atribuições e responsabilidades. Na nossa seleção, uma relação de obras que, apresentando visões distintas, podem estimular a reflexão a respeito do papel do educador em diferentes contextos e situações

Por Monise Berno

Na escola, as crianças e adolescentes passam a maior parte de seus dias, e estar na companhia de adultos com conhecimento para compartilhar deveria ser inspirador e estimulante. A educação moderna passa por dilemas que incluem o papel da escola no processo de aprendizado, formação de caráter e formação cultural na infância e na juventude.

Do tempo que passam entre salas de aula e deveres é que surgem os adultos que movimentarão a sociedade em um futuro próximo. Por isso, ser professor é algo incrivelmente trabalhoso, cheio de detalhes e responsabilidades. Cuidar do ensinar é tarefa que precisa de muito preparo, estudo e criatividade.

Os desafios são muitos, a dedicação é integral, e a “recompensa” material irrisória diante de todos os entraves e obstáculos a serem vencidos. Os sistemas de ensino têm deficiências que acabam se tornando visíveis no cotidiano aluno-professor, no momento de trocar as experiências, de pesquisar e aprender. Ser professor é realmente doar a sua vida para que outras pessoas tenham a chance de descobrir o mundo em todas suas peculiaridades.

Garantir que todo estudante tenha o mínimo de acesso aos conhecimentos que o acompanharão na vida adulta é o que move todos aqueles que se dedicam à atividade de lecionar. E essa missão vai além de fórmulas, nomes e datas: significa estimular e abrir caminho para a análise, para o pensamento, para a reflexão constante. Em função disso, muitas vezes é na figura do professor que os alunos se espelham.

Abaixo, selecionamos dez filmes que retratam situações do cotidiano da sala de aula, a rotina e os desafios do professor através do tempo, as filosofias de ensino e a realidade da prática do ensino. Não se trata de uma lista homogênea, mas sim de uma relação de obras que, apresentando visões distintas, podem estimular a reflexão a respeito do papel do educador em diferentes contextos e situações e da própria escola. Confira.

1. Ao mestre com carinho – James Clavel, 1967

Um engenheiro negro desempregado se recoloca no mercado como professor e precisa lidar com questões raciais, sociais e de aprendizado com alunos de uma escola localizada no subúrbio de Londres. O desafio do protagonista é transformar a indisciplina em oportunidade para os estudantes. O filme clássico é escrito e dirigido por James Clavel, e ganhou uma adaptação para TV na década de 1990.

2. Sociedade dos Poetas Mortos – Peter Weir, 1989

Um professor de literatura começa a lecionar em uma escola preparatória para jovens homens, onde predominavam valores tradicionais e conversadores como honra e disciplina quase militar. O professor, interpretado por Robin Williams, estimula seus alunos a perseguir paixões, questionar o mundo e viver o presente com liberdade e bom senso.

3. Mentes Perigosas – John N. Smith, 1995

Michelle Pfeiffer é uma ex-oficial da Marinha que deixa uma instituição militar e passa a se dedicar a lecionar inglês. Na escola, diversas barreiras sociais, conflitos raciais e alunos rebeldes tornam a nova profissão um desafio. A solução para atrair a atenção dos alunos foi encontrada nas artes marciais e na música.

4. Escritores da Liberdade – Richard LaGravenese, 2007

Uma jovem professora, vivida por Hilary Swank, chega para dar aulas em uma escola de bairro, na qual a comunidade convive com um ambiente de agressividade e violência. Com criatividade e uma abordagem à margem do currículo escolar, ela conquista a atenção dos antes desestimulados estudantes para a importância do conhecimento e valores como tolerância e respeito, fazendo com que eles recuperem a confiança em si mesmos.

5. Entre os muros da escola – Laurent Cantet, 2009

Um professor de francês do ensino médio convive com estudantes que vivem e questionam o processo de exclusão e discriminação muitas vezes referendado pelos sistemas de ensino. Um retrato da França pós-colonial no qual os muros escolares podem significar também uma perpetuação das clivagens sociais.

6. Coach Carter – Thomas Carter, 2005

O dono de uma loja de artigos esportivos volta para sua escola como treinador de basquete, em 1999. No início impõe um regime rígido aos alunos, que deviam se comprometer assinando um termo de bom comportamento, vestimenta dentro dos padrões exigidos por ele e boas notas em todas as matérias. Essa imposição encontrou resistência, porém, o método de treinamento adotado leva o time a ter bons resultados. No entanto, quando o desempenho dos alunos cai, uma atitude inesperada do professor surpreende a todos. Baseado em uma história real.

7. Preciosa – uma história de esperança – Lee Daniels, 2009

Uma adolescente de 16 anos, moradora do bairro do Harlem na Nova Iorque de 1987, sofre com violência sexual, abusos psicológicos, gravidez acidental, racismo e gordofobia. Tendo que se mudar de escola, ela se vê mantendo sua mente como seu refúgio, e Ms. Rain, a professora vivida por Paula Patton, se torna um persongaem central em sua trajetória.

8. Nenhum a menos – Zhang Yimou, 2000

O professor de uma escola primária se afasta do trabalho por um mês, e uma garota de 13 anos é escalada para substituir o mestre no ensino das crianças. Sua principal tarefa é manter todos os alunos na escola. Um dos meninos precisa arrumar trabalho e deixa os estudos, colocando a adolescente na busca para trazer a criança de volta ao ambiente escolar.

9. Encontrando Forrester – Gus Van Sant, 2001

Um jovem ganha bolsa de estudos em uma escola de elite em Manhattan, pelo seu bom desempenho em testes aplicados em um colégio do Bronx e por ser bom jogador de basquete. Enfrentando preconceito racial e social, ele acaba conhecendo Forrester, um escritor. A proximidade entre eles inspira Jamal a se dedicar à escrita.

10. A Educação Proibida – Germán Doin, 2012

Um documentário elaborado a partir de mais de 90 entrevistas realizadas em oito países analisa e questiona a escolarização moderna e os valores do ensino tradicional, propondo uma maior liberdade pedagógica e curricular que contemple a diversidade educativa. Assista na íntegra:

http://www.revistaforum.com.br/blog/2015/10/criatividade-e-talento-uma-lista-de-10-filmes-sobre-professores-e-a-arte-de-educar/




ONLINE
5