Uma década de Francisco

Uma década de Francisco

UMA DÉCADA DE FRANCISCO: LOUVADO SEJA!

Chico Alencar

 

Hoje completam-se 10 anos de Francisco como papa. Destaco 10 características inéditas do seu pontificado:

1 - É o primeiro papa latino-americano, em 266 da história da igreja católica.


2 - Escolheu seu nome (era o cardeal Jorge Mario Bergoglio, de Buenos Aires) como homenagem a São Francisco de Assis, o "poverello".


3 - Dispensou todos os sinais de ostentação, como crucifixo de ouro, estolas rubro-douradas e sapatos de luxo; mora, com outros religiosos, na Casa Santa Marta, e não nos aposentos exclusivos do Vaticano.


4 - Escreveu uma encíclica pioneira sobre a questão ambiental (Laudato Sì, sobre o cuidado da Casa Comum, 2015) e constantamente alerta sobre o colapso climático e a destruição do planeta promovido pelo sistema da ganância.


5 - Propõe uma nova economia mundial, fundada na solidariedade e na cooperação, e não na competição e na marginalização de milhões (Fratelli tutti, sobre a fraternidade e a amizade social, 2020).


6 - Afirma reiteradamente a necessidade da acolhida de tod@s, independentemente de sua orientação sexual, cor da pele e origem social ("quem sou eu para julgar?").


7 - Combate o clericalismo e quer uma igreja "em saída", que deixe as sacristias e vá para a rua, para o mundo; lembra também que o celibato dos padres não é um dogma e pode ser revisto.


8 - Sacode as estruturas emboloradas e "monárquicas" do Vaticano, e já denunciou o "alzheimer espiritual" da Cúria Romana.


9 - Tem grande apreço pelo Brasil, país de sua 1ª visita como papa (na Jornada Mundial da Juventude, em 2013): admira nosso carnaval e diversidade, e citou nosso poetinha Vinícius de Moraes na Fratelli Tutti: "a vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida".


10 - É, hoje, a personalidade mundial mais ecumênica e mais empenhada no fim das guerras, no combate à fome, à marginalização, à "cultura do descarte".

Francisco, 86 anos, está, quase sempre, bem humorado, expressão de sua profunda fé cristã, que não é alheia ao gosto de viver.


Por tudo isso, sofre perversa contestação dos conservadores, dos reacionários, dos negacionistas e fundamentalistas (inclusive de alguns bispos e cardeais).


Aos que pedem sua renúncia, responde com ironia: "exerço minha função sobretudo com a cabeça, não com os joelhos. Posso morrer amanhã, mas até aqui tudo está sob controle..." (citado por Bernardo Mello Franco, O Globo, 12/3/2023).


Viva Francisco!

Francisco na arte de Amarildo (Organic News Brasil)

 

Pode ser um desenho animado

 

https://www.facebook.com/chicoalencar 




ONLINE
10