A água em debate

A água em debate

A água como centro das discussões na semana do meio ambiente.

Por Cicero Barros  junho 05, 2018

A semana do meio ambiente deve ultrapassar a estes dias alusivos em ações permanentes pela preservação da água.

 
A água fonte de vida o homem está poluindo.


A água deveria ser o ponto central dos debates que certamente ocorrerá no Brasil e no Mundo nesta semana do meio ambiente. Muitas discussões serão realizadas nas comunidades, nas ONGs, que defendem a preservação da água potável; para todos os habitantes da Terra. Mais uma grande contradição do ser humano, com tanta água existente, já há escassez desse liquido mais precioso do universo. Ela é sinônimo de vida saudável para todos e por isso necessita de   ações práticas e eficientes para a sua conservação e permanecer longe da poluição. A semana do meio ambiente comemorada no Brasil ocorre entre os dias 1 a 5 de junho de cada ano. Uma extensão da data oficializada em 1972 na conferência de Estocolmo, pela ONU (Organizações das Nações Unidas). Também de grande importância para o mundo. Porém, essa data não pode simplesmente terminar, ou seja, ser esquecida nessa semana.  Mas, ela deve ser estendida com ações práticas e eficazes; durante os 365 dias do ano.

É um apelo para que os habitantes da Terra possam olharem com mais cuidado e zelo para natureza. E todos criarem a consciência da importância da natureza porque, é de lá que sai todos os seus meios de sobrevivência.  Tanto agora e quanto para o futuro das próximas gerações. Por isso que é tão importante que todos   fiquem em alerta permanentemente sobre os cuidados e ações práticas, para a preservação do seu meio natural no qual vive.

Nessa semana tão extraordinária para o meio ambiente muitos temas poderiam serem desenvolvidos para reivindicar políticas públicas para a conservação do nosso ecossistema no qual todos habitam. Em meio a tantos tópicos quero nesta postagem, em especial escrever sobre a nossa água potável, um dos itens mais importantes para a manutenção da vida humana e de todos os seres vivos dependentes, desse liquido com estas características:  inodora, (sem cheiro) insípida (sem gosto) e incolor (sem cor). Ela é hoje fundamental para todos os habitantes do Planeta terra, por isso merece todos os cuidados necessários para que a população do mundo tenha a mesma sempre limpa para viver adequadamente e com qualidade de vida.

Atualmente mesmo que vivendo num Planeta de águas submersas já existem em diversos pontos da Terra a escassez desse liquido tão precioso para a vida. Muitos a definem como sinônimo   de vida e certamente é uma coerente definição a vida é dependente 100% dela. Uma pergunta que não quer emudecer porque existe a falta d’água em muitas regiões do Brasil e do mundo? A resposta parece ser simples, mas ao mesmo tempo não é, em razão de muitos fatores pelos quais levam a água não existir mais e principalmente a potável. Entre muitos fatores se pode citar várias  ações predatórias do homens gananciosos que destroem  as vezes de maneira lenta e outras de maneira rápida os meios naturais que formam todo o ecossistema responsável pela a existência e a conservação dos lençóis freáticos para a conservação do liquido mais precioso do mundo que é a água que é a garantia da vida humana e de todas as espécies vivas do Planeta.

Muitos ambientes que nunca deveriam ser intocáveis por ninguém, são destruídos violentamente por muitas construtoras e fazem construções irregulares, mas de luxo, desrespeitando todas as legislações ambientais existentes. Muitas delas são enormes áreas de conservação e reservas específicas ambientais, onde existem a fauna e flora, e todo o solo a ser conservado onde têm as fontes de água doce que somam aos grandes rios e lagos que abastecem a população. Quando esses crimes ambientais são descobertos, quase não tem mais o que fazer para reconstruir como era antes em seu habitat original.   Essa prática criminosa faz desaparecer a água em muitos lugares onde seriam as nascentes dos grandes rios ou locais de propícios para a conservação de todas espécies vivas que permitem a sustentabilidade do meio ambiente.

A poluição da água nos dias atuais é de extrema preocupação para todos os habitantes do mundo.

 
A imagem diz: água é vida!

A poluição desenfreada, de inúmeros tipos imagináveis de poluentes, existe em todo o Planeta Terra, em alguns lugares poluem menos e outros a situação são mais avançados, tudo isso faz com que o liquido da vida, mesmo existente, se transforma em imprópria para o consumo humano.

A poluição está de maneira absurda, sem controles rigorosos, através dos órgãos ambientais competentes, sob as águas do nosso país que vem a ser algo de grandes preocupações para todos os habitantes. E, em todas as cidades brasileiras das regiões metropolitanas essa situação é visível por todos. 

Geralmente as cidades são cortadas e banhadas de   pequenos afluentes, que despejam as águas poluídas nos grandes rios, que abastecem toda a população das cidades ribeirinhas e das cidades pertencentes ao complexo sistema de abastecimentos das regiões metropolitanas.  Por exemplo: Na região da conhecida grande Vale do   rio dos sinos. Existem umas grandes teias de pequenos afluentes todos extremamente poluídos e estes mesmos são os responsáveis para o abastecimento de toda a região metropolitana de Porto Alegre, do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

O Rio dos Sinos é o Rio muito poluído, porque recebe muitos afluentes acolhedores dos esgotos domésticos e industriais. Todos eles são extremamente contaminados com poluentes, muitos desconhecidos, entretanto são perigosos a saúde da população. Também os próprios moradores são os primeiros responsáveis por estas ações danosas que se espalham nas demais regiões urbanas do Estado do Rio Grande do Sul e ocorrem essas mesmas práticas nocivas desregradamente. Agora o que acontece no final? Essa mesma água poluída, ela é tratada com grandes quantidades de produtos químicos e depois é recolocada de volta para os habitantes poluidores a usarem no cotidiano. É um ciclo sem fim: poluem, despoluem, reutilizam infinitamente. Essa prática tem um alto preço e significa que todos os habitantes, usuários dessa água serão futuros doentes. Porque todos ingerem muitas quantidades de produtos químicos desconhecidos e invisíveis a olho nu.  Lentamente esses elementos que são imperceptíveis na água. Eles contribuem para o enfraquecimento de todo o sistema imunológico do homem e assim se tem umas vastas populações de doentes de diversas doenças conhecidas e desconhecidas.

É uma situação muitíssima preocupante, porque não existe precauções sérias das autoridades em manterem, sistemas de tratamentos dos esgotos domésticos e das grandes indústrias que não adotam políticas de produções com sustentabilidade e preservação ambiental.  Se houvesse mais cuidados os poluentes não   chegariam menos agressivas aos grandes rios do Brasil.   Os responsáveis para todo os  abastecimentos das casas e condomínios habitacionais populares e selecionados da elite nacional.

Portanto, é um grande alerta para as autoridades cuidarem da água de forma zelosa, para que os habitantes do município, estado, país e do mundo despertem consciência nestes dias da semana do meio ambiente e todos os dias do ano, que todos são responsáveis pelo liquido mais precioso do universo. Considero este item como um dos mais importantes meios e sobrevivência para o ser humano. Todavia, ninguém vive sem água. Por isso, pode se afirmar ela é vida e merece todos os cuidados necessários, para que ela seja também ingerida com qualidade, por todos os habitantes da Terra.

Todos os habitantes do mundo são responsáveis pela a preservação da água.

 
A  água pura do poço artesiano após as rochas em alta profundidade.

Os habitantes precisam também criar consciência para cuidarem desse liquido precioso a água como o mais valioso bem comum, e necessita de todos os cuidados realizados por cada pessoa. Isto é, não poluir, não jogar lixo, não jogar produtos químicos, não jogar nada nos rios, lagos lagoas e reservatórios, pois tudo o que é poluído e contaminados, será logo mais, tomada por você mesmo, agente poluidor. E nunca esquecer que ela vai e volta, nesse continuo ciclo natural, mas  junto se inclui também o ciclo mecânico: poluí, despolui e toma e vice-versa.

É fundamental que todos possam de maneira prática e consciente fazer a sua parte. Os pequenos gestos se tornaram grandes, quando realizados com convicções, em meio a toda essa complexidade de conservação do meio ambiente, no qual todos vivemos. Portanto, a água é básica, é basilar para a existência da vida.

Todavia, não permaneça parado, faça você mesmo alguma coisa inovadora ou simplesmente faça a sua parte, dê seu exemplo de boa contribuição como cidadão e cidadã do mundo e dependente da água para viver. Cuide com carinho, use sem desperdício da água que você mesmo irá tomar, quando a mesma já ter passado diante de todo o processo de tratamento, que as companhias públicas, fazem para deixarem aquela água poluída de antes, em potável para o consumo humano.

É bom lembrar que mesmo os brasileiros possuindo a maior reserva de água doce do mundo o mais cobiçado pelas multinacionais o famoso aquífero guarani. Se não houver sérios cuidados também ela poderá num futuro não muito distante deixar de existir; e ser algo de grande valor monetário.  No Brasil com as grandiosas quantidades de águas existentes em todo o país, há regiões sem água e já se paga muito caro para se ter -la tratada na torneira de casa.🌐🌀

https://www.analiseagora.com/2018/06/a-agua-como-centro-das-discussoes-na.html#more 




ONLINE
18