Crianças do Bolsa Família

Crianças do Bolsa Família

Bolsonaro e as crianças do Bolsa Família

 

 

O jornal O Estado de São Paulo reproduziu em seu twitter um vídeo do presidente Jair Bolsonaro falando de uma pesquisa feita sobre as crianças de 0 a 3 anos das famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família. Nela se afirma que o governo encontrou em uma pesquisa problemas de defasagem intelectual nas crianças do programa.

Estamos diante de mais uma fala do presidente que pode levar a conclusões equivocadas. O Bolsa Família visa reduzir a extrema pobreza (miséria), não necessariamente retira as famílias da pobreza. O valor médio é de R$ 178,04 por benefício. Sobre as crianças de 0 a 3 mencionadas no vídeo, pensa comigo.

A idade de matrícula obrigatória pelos responsáveis vai de 4 a 17 anos no Brasil. De 0 a 3, apesar de ser obrigatória a oferta por parte do poder público de creches, a matrícula não o é. A cada 100, 30 crianças estão em creches. As mais pobres têm menos acesso, veja o gráfico abaixo.

A meta prevista no Plano Nacional de Educação (PNE) é que pelo menos metade das crianças de 0 a 3 estejam matriculadas em creches no Brasil em 2024. Entre os 20% mais ricos da população essa meta está praticamente alcançada, todavia, entre os 20% mais pobres o desafio é enorme, apenas 22% das crianças têm matrícula. Confira o dado a seguir.

Parece óbvio que as crianças nessa idade atendidas pelo Bolsa Família estão entre as mais pobres, portanto com menos acesso a creche. Quando olhamos para os alunos em idade de matrícula obrigatória, os resultados do Bolsa Família são bons. O Instituto de Pesquisa Economia Aplicada (IPEA) acaba de divulgar estudo sobre o tema que revela que mais de 90% das crianças entre 6 e 15 anos beneficiadas pelo Programa Bolsa Família estão efetivamente matriculadas na escola.

IPEA

A fala do presidente vincula um suposto déficit intelectual de crianças de 0 a 3 anos ao Bolsa Família (BF), não faz o menor sentido. Se a defasagem existe (não tive acesso ao estudo que ele menciona) ela estaria ligada as muitas restrições que a pobreza impõe, ligadas inclusive ao período da gestação, a saúde, a saneamento básico, a alimentação, entre outras. Portanto, tal defasagem pode existir apesar do Bolsa Família e não em função do mesmo.

Essa é a thread no twitter que deu origem a esse breve texto.

 

https://medium.com/@gregoriogrisa/bolsonaro-e-as-crian%C3%A7as-do-bolsa-fam%C3%ADlia-777f8ee7879b 




ONLINE
9