Falta anúncio oficial do reajuste magistério

Falta anúncio oficial do reajuste magistério

Docentes cobram anúncio oficial do reajuste magistério

25/01/2024

O Dever de Classe enviou questionamento sobre isso ao ministro Camilo Santana. Mas gestores já podem aplicar a lei.

 

Dever de Classe tem recebido diversas notificações sobre por que o MEC ainda não divulgou oficialmente o reajuste do magistério para este ano, embora o percentual de correção de 3,62% e valor nominal de R$ 4.580,57 já estejam definidos desde o final de dezembro do ano passado. A cobrança é pertinente, vez que prefeitos e governadores só costumam se pronunciar sobre o cumprimento após o Governo Federal lançar de forma oficial documento acerca de tal matéria, embora, por lei, isto não seja obrigatório. Ou seja, gestores já podem cumprir o reajuste.

Diante de tal impasse, o Dever de Classe enviou, via (antigo Twitter), questionamento ao Ministro Camilo Santana sobre o assunto. Mas ainda não obteve resposta. 

Espera-se que o Ministro da Educação Camilo Santana anuncie nas próximas horas e de forma oficial o reajuste do magistério 2024. 

A cobrança ao ministro

 

FONTE:

https://www.deverdeclasse.org/l/anuncio-reajuste-magisterio-2024/?fbclid=IwAR1s2DoFL4FQpTVRsOGpZVF5QYz672ethwnTnWMyzN6qXLbUVhVF6t9BocE#gsc.tab=0 

 

 

Simulação de reajuste linear com repercussão na carreira

24/01/2024

PISO MAGISTÉRIO. Aplicado devidamente, 3,62% de 2024 eleva remuneração final a um bom valor. Confira tabela, ao final da matéria.

 

Um dos grandes problemas em relação ao reajuste do magistério todo ano diz respeito a como prefeitos e governadores o aplicam, quase sempre sem repercussão na carreira. Quando isso ocorre, o que era para ser piso vira teto e todo mundo passa a ganhar o valor nominal vigente, no caso deste ano R$ 4.580,57, após reajuste de 3,62% em cima dos R$ 4.420,55 de 2023. 

No entanto, se o percentual for aplicado de forma linear e com repercussão nos planos de carreira, a situação fica bem diferente. Basta ver, por exemplo, o caso de Timon, cidade do interior do Maranhão. A prefeita aplicou os 3,62% de forma correta e um docente em final de carreira chega a mais de R$ 22 mil.

Confira simulação de tabela salarial onde os 3,62% são aplicados devidamente. Observe que mesmo esse índice baixo deste ano pode elevar remuneração final a um bom valor.

Importante!

A simulação simplificada abaixo visa apenas tentar mostrar como é importante aplicar o reajuste do magistério de forma linear e com repercussão na carreira. Quando isso ocorre, há crescimento horizontal, isto é entre os níveis, e vertical, ou seja, entre as classes. Com isso, é valorizado tempo de serviço e titulação de cada um.

Observe que ao aplicar os 3,62% em cima do piso de 2023 (R$ 4.420,55) se chega aos R$ 4.580,57 deste ano. É a partir deste inicial que a tabela simplificada foi construída e, reiteramos, cada classe cresce de forma horizontal (níveis) e vertical (crescimento de uma classe em relação a outra), a partir de percentuais diferenciados.

 

Quando o percentual repercute na carreira, remuneração final fica razoável para todo mundo. Imagem: Canva.

 

Importante!

Simulação construída por um docente colaborador do Dever de Classe.
Simulação construída por um docente colaborador do Dever de Classe.

 

FONTE:

https://www.deverdeclasse.org/l/piso-dos-professores-para-2024/#gsc.tab=0

 

 

 

 

Nova Portaria define reajuste do magistério 2024

Alta é de 3,62%, e valor passa de R$ 4.420,55 para R$ 4.580,57.

30/12/2023

A Portaria Interministerial MEC/MF Nº 7, publicada em edição extra do Diário Oficial da União em 29/12/2023 — atualizou o valor do custo aluno deste ano em R$ 5.315,56. Com isso, índice de crescimento em relação a 2022 é de 3,62%. Como o piso do magistério é corrigido pelo mesmo percentual de crescimento do custo aluno dos dois anos anteriores, 3,62% será o reajuste de 2024, a ser aplicado logo em 1º de janeiro, de acordo com a Lei Federal 11.738/2008. 

Reajustes do piso do magistério começaram em 2010.

Cálculo

De acordo com a Lei Federal 11.738/2008, o piso nacional do magistério é reajustado todo mês de janeiro pelo mesmo índice de crescimento do custo aluno dos dois anos anteriores. Assim, para 2024 temos:

VAAF FUNDEB 2022 = R$ 5.129,80

VAAF FUNDEB 2023 = R$ 5.315,56

Diferença percentual para atualização do piso em 2024 = 3,62%

Valor do Piso do Magistério em 2024 = R$ 4.580,57 (para jornada de no máximo 40 horas semanais).

Importante

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) discute com o governo federal alteração na lei do piso para que, além da inflação do ano anterior, seja garantido ganho real para os profissionais do magistério.

 
FONTE:

https://www.deverdeclasse.org/l/piso-do-professor-2024/#gsc.tab=0 

 




ONLINE
4